BrasilEducação

Diretor responsável pelo ENEM pede demissão após oito meses no cargo

O Diário Oficial da União publicou nesta terça-feira (25), o pedido de exoneração do responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), Anderson Soares Furtado Oliveira, após oito meses a frente da Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb) do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Oliveira foi o sexto titular no comando da Daeb nomeado durante o governo de Jair Bolsonaro. Em novembro de 2021, ele se solidarizou com os 35 funcionários que pediram demissão de cargos comissionados no órgão, às vésperas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

No pedido de demissão, ao qual o jornal O Globo teve acesso, Oliveira afirma que o motivo de sua saída é “exclusivamente de ordem pessoal”, mas ressalta que seu compromisso no cargo foi assegurar “robustez técnica aos trabalhos”.

“Declaro que meu compromisso à frente dessa diretoria foi de assegurar a robustez técnica dos trabalhos, bem como me dedicar para garantir o direito a educação de qualidade, equitava e inclusiva, consequentemente, produzir o impacto social. Além de trabalhar para o fortalecimento institucional que só pôde ser garantido por meio da qualidade técnica dos servidores e colaboradores envolvidos”, diz o documento, de acordo com a publicação.

Para ocupar o cargo de Anderson, o Ministério da Educação nomeou Michele Cristina Silva Melo, que era diretora de Estudos Educacionais do órgão.

Por BahiaNoticias / Foto: Luís Fortes / MEC

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo