Economia

Ibovespa derrete cerca de 2% e dólar sobe com rumores de aumento do salário mínimo e do Auxílio-Reclusão

Especulações sobre pagamentos maiores e fora do previsto no orçamento fizeram com que a bolsa brasileira fosse abaixo do 109 mil pontos enquanto a cotação do dólar atingiu R$ 5,15

O Ibovespa reagiu negativamente a rumores de que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) avalia aumentar o valor do salário mínimo para um patamar superior ao reajuste anunciado de R$ 1.320. A especulação fez com que o índice caísse 1,85%, chegando aos 108.853,08 pontos, às 16h20 desta segunda-feira, 16.

Outro fato que também motivou o movimento negativo foi a circulação de um notícia falsa de que o Auxílio-Reclusão, benefício pago a dependentes de beneficiário da Previdência Social que for preso, passaria a ser R$ 1.754,18. Os novos valores não estão previsto dentro do orçamento público, levando à reação negativa do mercado financeiro. Com a queda do minério de ferro, ações da Petrobras e da Vale também registraram baixas na casa de 2%, contudo a Americanas continua sendo a empresa com as maiores perdendo, passando por uma desvalorização de cerca de 40%.

As movimentações levaram a uma alta do dólar, que subiu 1,26% chegando a ser cotado R$ 5,1517. A valorização ocorre em um momento em que as bolsas que operam no mercado norte-americano estão fechadas, em comemoração ao feriado de Martin Luther King Jr.

 

Fonte: jovempan / REUTERS/Amanda Perobelli

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo