BahiaEconomia

Vendas do varejo baiano crescem 2,3% em fevereiro, informa o IBGE

Setor registrou alta acima da média nacional (1,1%), mas tem movimento abaixo do desempenho pré-pandemia; varejo ampliado registra queda

As vendas do varejo baiano aumentaram 2,3% em fevereiro último, no comparativo com o mês anterior. Além de superar a média nacional (1,1% positivos), o setor teve a segunda alta mensal seguida. Os dados foram revelados nesta quarta-feira (13), pelo IBGE.

Porém, o desempenho de fevereiro ficou 4,8% abaixo de fevereiro de 2020, mês anterior ao início da pandemia.Na comparação com o mesmo mês de 2021, o varejo baiano teve,[, o sétimo recuo consecutivo (-3,3%). O comércio baiano também se manteve em queda nos acumulados no ano de 2022 (-5,5%) e em 12 meses (-0,8%).

O volume do varejo ampliado baiano caiu em fevereiro frente ao mês anterior (-2,5%). Este ramo inclui o varejo tradicional mais veículos, motos, partes e peças e de material de construção.

Frente ao mesmo mês do ano anterior, as vendas do varejo ampliado na Bahia também foram menores em fevereiro (-4,4%). O estado teve a terceira queda mais intensa, acima apenas de Pernambuco (-8,0%) e Rio Grande do Norte (-5,2%), e um resultado bem pior do que o nacional (0,3%).

Por Redaçãobahia.ba / Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo