BahiaRegião

Irmãos de Malhada separados há mais de 30 anos se reencontram com ajuda de grupo no Facebook

Grupo do Facebok "Malhada Histórias de Minha Cidade" promove reencontro de irmãos que não se veem há mais de 30 anos. Edmundo, irmão de Marília reside em Belo Horizonte.

Um grupo no Facebook que reúne diversas pessoas nascidas em Malhada, cidade localizada na região Sudoeste do Estado promoveu na última sexta-feira (20) um reencontro de irmão que foram separados há mais de 30 anos.

Com o propósito de resgatar as histórias do município, o grupo “Malhada Histórias de Minha Cidade”. além de compartilhar os antigos e tradicionais costumes dos moradores, também possibilita reencontros entre familiares que se afastam.

Marília que atualmente reside no estado de Minas Gerais procurou a administração do grupo para informar que tinha o sonho de estabelecer contato com os familiares do seu irmão Edmundo Arcanjo de Souza, filho da senhora Caetana(In Memorian) e o Senhor Miguel (In Memorian).

Edmundo só tinha 09 anos quando foi adotado por uma família de pescadores de Belo Horizonte que estavam em Malhada a passeio, em 1990. De acordo com relatos da sua irmã Marília, o seu irmão foi doado espontaneamente por sua mãe, pois nesse período sua mãe tinha muitos filhos pequenos e a família não possuía condições financeiras de criar todos os seus irmãos.

Dona Caetana teve sete filho. Juliana, Edmundo, Profirio, Virgulino, Aníbal, Morgana, Jordânia. Essa família de pescadores levou Edmundo para ser criado em Belo Horizonte. Com o passar dos anos, Edmundo se afastou dessa família e acabou perdendo o contato com os seus familiares de origem em Malhada.

De acordo com a administração do grupo, Edmundo estar casado e é pastor. Por coincidência seus irmãos também residem no estado de Minas Gerais. Em Malhada só reside sua irmã Jordânia.

“Foi muito emocionante promover esse reencontro familiar. É o nosso face promovendo reencontros e unindo familiares que se distanciaram no tempo. Deus abençoe cada um de vocês, em especial Dona Marília que teve a sensibilidade de pesquisar e encontrar os familiares malhadenses de Edmundo, nós estamos muito felizes por sermos a ponte desse reencontro”, relatou Josedalva Farias Dos Santos, administradora do grupo.

EDIÇÃO: TARCÍSIO ARCANJO/Folha do VAle
Foto: Reprodução / Facebook

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo