BrasilPolítica

Quinze dos 24 partidos na Câmara dos Deputados são contrários ao voto impresso

O governo Jair Bolsonaro deve sofrer nova derrota na votação em que o plenário da Câmara dos Deputados vai decidir se torna o voto impresso obrigatório no Brasil. A bandeira é defendida com frequência pelo presidente. Segundo levantamento do jornal O Globo, cerca de 330 deputados são contrários à proposta.

De acordo com a publicação, a pequisa foi feita com dirigentes e líderes dos partidos com assento na Casa. Das 22 bancadas procuradas, apenas duas, com 86 parlamentares no total, manifestaram apoio ao projeto do voto impresso.

Nesta segunda-feira (9), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), deve reunir líderes partidários para debater o tema. Para aprovar a medida, que trata-se de uma Proposta de Emenda à Consttuição (PEC), são necessários 308 votos. A medida já foi rejeitada na comissão especial que analisa o tema.

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Por Bahia Noticias

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo